quarta-feira, 6 de maio de 2015

Dicionário Tobisiano

Carência (Relativo ao Eros): Quando a pessoa constrói um amor ideal e vê sentimentos onde não têm e, no final, ela vê que nada existiu. Quando a pessoa fala que ama para alguém (superficialmente), porém é apenas uma fuga da carência, depois, ela vê que enganou a si mesma e a outra pessoa. Quando a pessoa fala que ama outra (superficialmente), porém o que ela quer é que outra pessoa veja. Quando a pessoa sente necessidade de se mostrar, fica fútil, esquece temporariamente de seus princípios e, por fim, reconhece que havia perdido a noção do ridículo.

Nenhum comentário: